Logo Rubberart
Idioma brasil
(55 11)5511-2055
rubberart@rubberart.com.br
CASES
MUITOS CASOS AJUDAM A CONTAR A NOSSA HISTÓRIA, POIS, SE EXISTE O PROBLEMA, EXISTE SOLUÇÃO...


Case 1
VEDAÇÕES DE COMPORTA EM SBR - CASE MECÂNICA PESADA

O problema:
as vedações de comporta eram, até então, na sua grande maioria, feitas de policloropreno, borracha de alto preço.

A solução:
Para colaborar com nosso cliente, quando do fornecimento de Itaipu, desenvolvemos um composto de SBR,
com desempenho tão bom quanto o do policloropreno e de custo bem menor.


O resultado:
O sucesso desse desenvolvimento, que leva o nome de RC 1865 (Rubberart Compound), foi tão grande que, atualmente, o
policloropreno apenas é usado em condições extremas ou especialíssimas.
 


Case 2
VULCANIZAÇÃO EM CAMPO - CASE COPEL

O problema:
As emendas de perfis de vedação, feitas com cola, sempre foram problemáticas, pois ressecam e se tornam quebradiças principalmente
nas áreas de maior esforço. Reparos em segmentos de vedações eram feitos desse modo e os resultados obtidos eram insatisfatórios.


A solução:
A Rubberart desenvolveu um dispositivo portátil de vulcanização a quente que denominamos “Charlie”
(homenagem ao descobridor do processo de vulcanização da borracha Charles Goodyear).


O resultado:
O dispositivo foi largamente usado na reforma das comportas da UHE Salto Caxias, manuseado pelos próprios funcionários da Copel
após treinamento fornecido pela Rubberart. Os resultados foram excelentes e deverão ser estendidos às demais usinas do grupo
 

Case 3
EASY HANDLE

O problema:
Vedações revestidas com PTFE têm excelente desempenho na movimentação das comportas diminuindo o esforço de manobra.
Mas o PTFE, material com baixíssimo coeficiente de atrito, é um plástico e, portanto, não tem a flexibilidade da borracha da vedação.
Inadequadamente manuseada, a vedação revestida com PTFE apresenta o enrugamento ou descolamento da película o que
inviabilliza seu uso. Vários clientes se queixavam dessa dificuldade de manuseio das vedações com PTFE.


A solução:
Para resolver o problema a Rubberart desenvolveu o Easy Handle, película de PTFE que permite o dobramento da vedação
em qualquer sentido sem que haja descolamento ou enrugamento da película.


O resultado:
Resolvemos o problema de manuseio, reduzindo risco de perda da peça e mantivemos baixo o coeficiente de atrito.


 
Case 4
VAZAMENTOS NOS CANTOS INFERIORES DAS COMPORTAS

O problema:
Não mais são aceitos vazamentos em comportas de usina hidrelétrica devido as exigências cada vez maiores dos órgãos controladores.
Porém, era muito difícil conseguir a completa estanqueidade na junção inferior das laterais com as soleiras das comportas.


A solução:
Analisando o problema em campo e , juntamente com nossos clientes, desenvolvemos os cantos de transição.

O resultado:
Obtivemos o índice de “vazamento zero”.




.

©Rubberart 2012 by agência guapa representante